Diagnóstico Final

Adenoma da lactação


Cortes histológicos de tecido mamário revelam hiperplasia do tecido glandular, formando arranjos nodulares. As células glandulares apresentam bolhas no citoplasma apical. Ausência de neoplasia maligna.

Discussão

Adenomas lactacionais são tumores benignos de mama. São raros e frequentemente associados com gestação e lactação. Podem ocorrer em qualquer trimestre da gravidez, sendo mais comum no terceiro trimestre e na amamentação. Clinica e radiologicamente, são indistinguíveis de outros tumores benignos de mama. São tumores de crescimento lento, menores do que 5 cm e bem demarcados do tecido mamário circundante. O principal diagnóstico diferencial inclui fibroadenomas e adenomas tubulares. O diagnóstico definitivo é feito por exame histopatológico. Microscopicamente mostra aumento nas características lobulares e uma rede de grandes espaços alveolares separados por trabéculas fibrovasculares finas, que são revestidas por células cuboidais típicas contendo vacúolos citoplasmáticos proeminentes.

Referências

1. Kandukuri M K, et al. Lactating adenoma of the breast: A case report. IAIM, 2015; 2(4): 161-165.
2. Manipadam MT, Jacob A, Rajnikanth J. Giant lactating adenoma of the breast. Journal of Surgical Case Reports. 2010;2010(9):8. doi:10.1093/jscr/2010.9.8.