Reuniõn Anual de Dermatólogos Latinoamericanos (RADLA) – mais um importante evento que contribuiu para a melhor interação Clínico-Patológica.

A XXXVII RADLA - Reuniõn Anual de Dermatólogos Latinoamericanos, aconteceu em Buenos Aires, Argentina, dos dias 4 a 7 maio de 2019.

Tudo começou em 1971, quando os médicos Juan Carlos Gatti, Pablo Viglioglia, Osvaldo Mangano e Sebastião Sampaio, sugeriram a realização de uma reunião anual de dermatologistas argentinos e brasileiros. Foi um ano depois que o Dr. Ruben Azulay apoiou esta idéia e, portanto, em 27 de outubro de 1972 na Cidade de Buenos Aires, durante o Congresso Argentino de Dermatologia em Assembléia convocada pelo Prof. Paul Viglioglia, Presidente Congresso, foi decidido fundar a Reunião anual de Dermatologistas latino-americanos como estipulado na Declaração assinada pelos representantes dos dermatologistas de 13 países da América Latina: Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, México , Paraguai, Peru, República Dominicana, Venezuela e Uruguai.

Este grande encontro foi criado por causa da crescente importância e responsabilidade social médica de Dermatologia da América Latina, recordando a sua aplicação a cada ano, exceto no ano que coincide com o Congresso Ibero Latino Americano de Dermatologia, tornando-se um encontro de intercâmbio científico, ensino e companheirismo cujo principal objetivo é a atualização e capacitação permanente nas diversas áreas da Dermatologia.

Dra Karina Munhoz, Dermatopatologista do Cedap, relatada a importância deste evento para evolução diagnóstica e de tratamentos de doenças que acometem a pele. Ressaltou um grande momento do Congresso: PROLIFERACIONES LINFOIDES EM PIEL: LO QUE CONCE, NO CONECE Y DEBERIA CONOCER. Duelo de casos extremos  - Sociedad Iberolatinoamericana de Dermatopatologia. Grupo latinomericano de linfoma Cutáneo. SILADEPA_GLALC.