Produção científica do DECIPE (Departamento de Desenvolvimento Científico, Pesquisa e Ensino do CEDAP)

No 32° Congresso Brasileiro de Patologia que ocorreu entre 2 e 5 de maio de 2019 em Fortaleza, Ceará , nosso Departamento Cientifico – DECIPE , participou com 18 trabalhos aprovados como painéis e participação no seminário de lâminas, inclusive alcançando prêmios merecidos.  A exposição contemplou mais de 600 painéis distribuídos nos três primeiros dias, sendo apresentado um tema a cada dia. Destes, 25 trabalhos ganharam a Bolsa Residência, sendo 5 de cada Região. A Dra Flora Ávila Adorno, residente de Patologia no Cedap, foi premiada nesta modalidade pelo estudo que pode auxiliar no diagnóstico de lesões de alto grau de colo uterino e reduzir o número de procedimentos invasivos: Usefulness of hybrid capture for high-risk HPV in patients with squamous cell atypia in colpocytology.

A Dra Flora ressalta que: “participar do congresso foi importante, pois possibilitou conhecermos profissionais da área de todo o Brasil. A participação levando trabalho científico, permite desenvolvermos o potencial como pesquisador no Brasil”.

Já a Dra Paula de Carvalho, residente de Patologia no Cedap, foi premiada na modalidade “Apresentação Oral do Seminário de Lâminas”, onde apresentou o trabalho: Tumor neural lipofibromatose-símile.  Segundo Dra Paula, participar na apresentação oral é um passo para se perceber como apresentador em um congresso futuro e complementa suas observações com o relato: “Foi muito gratificante participar do congresso, adquirir novos conhecimentos e conhecer grandes nomes da patologia mundial. Pude constatar que o estudo da patologia está em constante expansão e que juntos com outras especialidades teremos um melhor cuidado com o paciente.

Esta edição do Congresso teve público recorde, com cerca de 1000 participantes. O sucesso deste evento foi devido as muitas palestras de alto nível, capazes de esclarecer muitas dúvidas e trazer novas informações.